sexta-feira, 4 de julho de 2014

Os incríveis vestidos de época recriados com papel, cola e tinta!

 A artista plástica belga Isabelle de Borchgrave, transcende os limites da moda. Criou em seu ateliê vestidos feitos inteiramente de papel inspirados nos modelos de Mariano Fortuny e Charles Frederick Worth. Tem como colaboradora a historiadora de moda Rita Brown e uma equipe de 18 pessoas cortando, dobrando, amassando, pintando e colando os vestidos em manequins de arame. Com um olhar de 300 anos de história da moda que vai de Elizabeth I a Coco Chanel.
Um figurino incrivelmente realista pela técnica que aplica na elaboração das peças. Ela usa tinta acrílica e pó metálico para dotar os vestidos com as suas cores opulentas e texturas.
“Descobri os vestidos através da pintura e o que eu mais gostei foi a forma, a escultura, a cor, os detalhes”, explicou ela, mas foi depois de ver uma exposição de Yves Saint Laurent no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, em 1994, que ela teve essa incrível ideia.
Isabelle de Borchgrave tornou-se um nome que é facilmente associado à moda e ao papel e está intimamente ligada ao mundo do design. Transformou sua imaginação em uma arte que é acessível a qualquer um.
Conheça mais dessa artista, que tem já 40 anos de carreira norteados pela pintura e com grandes obras em todo o mundo.



A exposição ficou em  exibição no Hillwood Estate, em Washington, DC


Pretty in pink



Ilusão de ótica: Um vestido verde claro inspirado por Mariano Fortuny

Um Callot Soeurs  de 1908


Vestido Lanvin  estampas chinesas com diamante e efeito talão bordados em pintura de 1924



Red Fern vestido londrino de 1924


Vestido laranja  de Mariano Fortuny


Uma pequena clutch verde com detalhes florais e bordados pintados à mão


Sapato bailarina decorados em ouro com uma fita vermelha inspirado pelo balé russo



Saiba mais:
http://www.isabelledeborchgrave.com/en_home.php
http://www.dailymail.co.uk/femail/article-2164388/Pret-papier-The-incredible-period-gowns-recreated-paper-glue-paint--stitch-fabric.html

Um comentário: