segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Ilustrador Eduardo Garcia Benito

 
Eduardo García Benito 1891 – 1981
Nasceu em Valladolid, Espanha. Ilustrador. Começou sua carrera como pintor aos 12 anos.
Com vinte anos de idade ganhou uma bolsa de estudos para estudar em Paris, onde rapidamente entrou para o círculo de artistas de arte moderna como Pablo Gargallo, Picasso, Clara José, Juan Gris, Modigliani e Gauguin, influenciando seu trabalho como artista da modernidade. Estabeleceu como pintor de retratos e ilustrador.
Em 1917, realiza sua primeira exposição na galería Faubourg du Saint-Honoré. A partir daí,  expõe regularmente nos salões oficiais de Paris: Société Nationale des Beaux Arts e o Salon d´Automne.
Destacou-se com um retrato de Alfonso XIII  na Exposição Internacional de Amberes em 1920. A partir de então realiza retratos, ilustrações e decorações para muita pessoas.
Ganhou  notoriedade trabalhando como ilustrador para varios jornais como: Gazette du Bon Ton, Le Gout du Jour, O Guirlande e Feuillets e logo depois passa a ilustrar regularmente para Vogue e Vanity Fair realizando capas memoráveis e contribuindo para a estética do Art Deco.
Viveu entre as cidades de Paris e New York realizando retratos da alta sociedade como o da atriz Glória Swanson. Seu contrato com a Vogue continuou no período entre guerras, mas diminuiu nos anos de guerra. Em 1945, quando a guerra terminó, as imagens de Garcia Benito aparecem novamente com as últimas modas de Paris e continuou contribuindo com a Vogue até o final dos anos 40.
Em seus últimos anos, Garcia Benito concentrou-se no estilo muralista, pintor e retratista. Em 1962, voltou para a Espanha e se estabeleceu em Valladolid.
Em 1974, o Congresso dos Estados Unidos, aprovou uma resolução felicitando o trabalho cultural realizado naquele país.
Morreu no dia 1º de dezembro de 1981 em Valladolid, sua cidade natal.
Abaixo, veja os trabalhos de ilustração realizado por este artista tão importante que foi um expoente do Art Deco.













Nenhum comentário:

Postar um comentário