terça-feira, 21 de junho de 2011

Ilustrador: Leon Bakst

Leon Bakst nasceu na Bielorrússia com o sobrenome Rosenberg, de uma família de classe média judaica. Estudou na Academia de Artes de Petrogrado, trabalhando ao mesmo tempo como ilustrador de livros e relacionando-se com artistas como Albert Edelfelt ou Jean-Léon Gérôme. Fez sua primeira exposição em 1889, quando passou a usar o sobrenome de solteira da sua mãe, Bakst, por causa da identificação do nome Rosenberg com o universo judeu e às dificuldades que isso representava para os negócios.

Em 1893, mudou-se para Paris, onde morou até 1897, e estudou na Académie Julian. Em Paris, entrou em contato com um grupo de escritores e artistas que liderava o trabalho na revista Mir Iskusstva. Bakst também produziu retratos, ligou-se a trabalhos de figurino e coreografia de teatro e balé. EM 1912 foi diretor artístico de teatro. Em 1914, foi eleito membro da Academia Imperial das Artes da Rússia. Morreu em 1924 em Paris devido a um edema de pulmão.

Em 1922, Bakst rompeu a sua relação com Diagilev e com os "Ballets Russes". Até a altura, as suas qualidades excepcionais como colorista e grafista contribuiram ao triunfo dos Ballets Russes, influenciando a moda da época através dos notáveis desenhadores com que colabora, como Charles Frederick Worth, Paul Poiret e Jeanne Paquin, e também influenciando o próprio conceito de teatro através do seu amigo Vsevolod Meierhold.


Nenhum comentário:

Postar um comentário